Área do cabeçalho
Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Departamento de Geologia

Área do conteúdo

Pesquisa financiada por Projeto Internacional do Departamento de Geologia resulta em publicação em revista científica do Grupo Nature

Data de publicação: 10 de maio de 2022. Categoria: Notícias

O doutorando William Gobo, da UFRGS, publicou recentemente o artigo intitulado “First evidence of ranunculids in Early Cretaceous tropics” na revista científica Scientific Reports do Grupo Nature. O trabalho teve apoio do Projeto Internacional “Towards an integrated analysis of the Early Cretaceous Crato Fossil Lagerstaette (Ceará, Brazil)”, financiado pelo Programa Probral da Capes e coordenado pelo professor Daniel Rodrigues do Departamento de Geologia da UFC.

William foi selecionado pelo projeto em 2019, através de uma seleção pública junto ao Programa de Pós-Graduação em Geologia (PPGG-UFC), tendo sido agraciado por uma bolsa de doutorado sanduíche de 6 meses na Alemanha, concluído apenas recentemente devido à pandemia de Covid-19. Também participam do trabalho seu orientador Roberto Iannuzzi (UFRGS e PPGG-UFC) e outros três pesquisadores estrangeiros filiados a instituições alemãs: Lutz Kunzmann (Senckenberg – Dresden), Julien Bachelier e Clément Coiffard (Freie Universität – Berlim).

O artigo trata da discussão acerca da primeira evidência de fósseis de ranunculídeas em região tropical durante o Cretáceo Inferior (cerca de 115 milhões de anos atrás), uma subclasse de plantas com flores pertencente a uma das ordens mais basais conhecidas. Os fósseis estudados se encontram em amostras de calcário da Formação Crato, uma unidade geológica assentada na região do município cearense homônimo, no Cariri. Essa unidade geológica correspondia a um lago em região de clima árido e próximo ao Equador, no início da separação entre os atuais continentes da América do Sul e África. O ineditismo do trabalho se dá não apenas pelo contexto paleogeográfico, mas também por remontar aos primórdios das plantas com flores (angiospermas) e sua irradiação.

O periódico da publicação possui fator de impacto 4.379 e é avaliado pela Capes com Qualis A1 na área de Geociências. O artigo publicado pode ser acessado em: https://doi.org/10.1038/s41598-022-07920-y.

Fonte: Prof. Dr. Daniel Rodrigues – DEGEO – UFC

Acessar Ir para o topo